Profile

Cover photo
Paróquia São João Batista Itamarandiba
922 views
About
Story
Tagline
"Viver em Comunidade é o nosso lema!"
Introduction

HISTÓRICO RESUMIDO  DA  PARÓQUIA  SÃO  JOÃO  BATISTA

A fundação do Arraial de São João Batista se deu por volta da metade do Século XVIII, originando-se  das intensas prospecções de ouro que então se faziam em todo o território do termo da Vila do Fanado, atual Minas Novas. No início o povoado chamou-se São João Batista e depois nossa cidade tomou o nome de Itamarandiba, que vem do Tupi - Guarani “pedra pequena que rola junto com outras”, comemorando-se o aniversário da mesma a 24 de junho.  Entretanto, foi a fertilidade da terra que assegurou a fixação ali dos primeiros colonos. Favorecidas pela ocorrência de vários cursos de água tributários do rio Itamarandiba, formaram-se então Fazendas dedicadas à lavoura cujos proprietários constituíram também os primeiros habitantes do arraial. Este se desenvolveu em torno de uma pequena Capela Consagrada a São João Batista erguida em 1765 por iniciativa  do Sargento-Mor Faustino Pires Chaves Cerca de meio século depois  ao avistar o povoado. Criado no período colonial este primitivo templo deve ter sido objeto de ampliação, podendo ter ocorrido também a construção na nova igreja no mesmo local da antiga capela. Leva a esta suposição seguinte referência feita em 1817 pelo naturalista francês Sant-Hilare quando de sua passagem pelo então Arraial de São João. Entretanto ate 1849 a Igreja não tinha  torres e estava por achar-se o forro. No dia 20 de junho de 1856 a província destinava auxílio para obras de reparo no templo . É possível que, por essa época, tenham sido levantadas as duas torres que a igreja possuiu por muito tempo, uma delas dotada de relógio.

A Paróquia de São João batista foi fundada aos 03 de março de 1840 e compreende parte do atual município e atual comarca de Itamarandiba.

A Capela de Nossa Senhora do Rosário, hoje na Praça Dr. Afonso Pavie,  foi construída no período colonial data de meados do século XIX e se deu a partir do ano de 1854. A benção da Capela foi presidida pelo Côn. José Maria Versian, então Vigário do Alto Sertão da Bahia, em 1858.

A Capela de Bom Jesus  foi construída em 1882 e benzida pelo Côn. João Batista Pimenta.

A Capela de Santa Luzia foi construída em 1890.

Os primeiros Padres a atenderem a nossa freguesia foram os Padres Francisco Fernandes de Oliveira Sobral que vinha de Penha de França de 1827 à 1828, Pe. Maximiliano Gonçalves de Meira que também vinha de Penha de França  de 1828 á 1938, Pe. Emiliano Ferreira de Almeida vindo de Penha de 1838 à 1840, Pe. Fortunato Araújo, também vindo de Penha de França.  Até o 1º Vigário de nossa freguesia Pe. Joaquim da Circuncisão do Senhor nos meados de 1850. Neste período também nos assistiram Monsenhor Mendes Nogueira, Côn. João Batista Pimenta, Pe. João Afonso Pires da Silva, Pe. Duque, Pe. José André Coimbra, Pe. Júlio Colen, Pe. Barros.

*                 Pe. João Afonso, vigário de 1889 à 1924, foi presidente da Câmara e Agente executivo de 1891 à 1894 e de 1895 à 1898. Calçou ruas, instalou sete chafarizes, construí o Mercado, criou uma casa de festeiros, animou o comércio, na Matriz abriu arcos, formou consistórios, fez a Sacristia, fundou a II Conferência da Diocese, instalou a Guarda de Honra, promoveu festas pomposas e fundou a Vila do Socorro que lhe traz o seu nome.

*       Pe. Virgílio Rodrigues Vale, vigário de 1924 à 1947, movimentou a religião  e influi muito na instrução do povo

*       Pe. Lauro Vilela, vigário de 1941 à 1962, Restaurou a Matriz, Criou o Informativo Paroquial Avante, adquiriu muitas terras e muitos bens para a Paróquia, fez capelas, construí cemitérios, animou as irmandades, criou o Parque no Asilo.

*       Pe. João Carlos Horta, vigário de 1963 à 1965, construiu o Pré Seminário São Miguel.

*       Pe. Elair Sales Diniz, vigário de 1965 à 1973.

*       Côn. Otacílio de Sena Queiroz, vigário de 1974 à 1998, construí Capelas, Reformou a Matriz antiga, adquiriu a Tapeçaria, acolheu as Irmãs Filhas da Imaculada Conceição em nossa Paróquia, construiu o Conjunto Paroquial (Casa e Salão). Durante a sua provisão, recebeu alguns ajudantes: Pe, Joaquim, Pe. Paulo Generoso e Pe. Ronaldo

*       Pe. Renato da Conceição Silva, vigário de 1998 à 2004. Despertou as Pequenas Comunidades, Realizou Assembléias, Missões nas Comunidades Rurais, Reformou o Presbitério da Antiga Matriz, Informatizou todo o Escritório Paroquial,  em parceria com o Secretário Gilberto Alves criou a Rádio Líder Millenium e reativou o Informativo Avante, Criação da Casa de Pastoral, Criação da Associação Comunitária Menino Jesus, Fundação da APAE em Itamarandiba, Criou a Companhia Teatral Santa Isabel, adquiriu um palco profissional e 02 Sonorizações. Foi nomeado Vigário Episcopal (realizou várias crismas), Juiz Instrutor do Tribunal Eclesiástico. Em 2003 organizou a Missa da Unidade em nossa Paróquia. No seu período, especificamente no dia 17 de abril de 1999, um incêndio, causado por curto circuito, destruiu toda a Matriz. A partir daí se mobilizou juntamente com toda a comunidade e construiu a Nova Matriz que foi Consagrada por Dom Paulo no dia 04 de janeiro de 2004, data que marca também a sua saída desta Paróquia. Durante a sua provisão acolheu alguns ajudantes: Diác. João de Sena, Sem. José Honório, Diác. Lélyo, Sem. Paulo, Pe. Antônio José, Pe. Antônio Barbosa, Sem Adriano Luiz.

*       Pe. Geraldo Santos Ferreira, empossado no dia 09 de fevereiro de 2004. Foi recepcionado por uma imensa carreata de carros e motos. A povo jubiloso aclamava Pe. Geraldo por onde passava.

*       Pe. Ricardo César da Costa, empossado no dia 16 de outubro de 2011. Com uma belíssima e calorosa recepção de carros, motos e uma multidão saudando-o. Hoje atual Pároco

Bragging rights
Em comunhão para a Evamgelização dos povos!
Basic Information
Gender
Male
Work
Occupation
Pároquia São João Batista - Mitra Arquidiocesana de Diamantina